10 fevereiro 2011

EXPRESSÕES POPULARES: TESTE SEUS CONHECIMENTOS

Existem expressões consagradas, que ouvimos e repetimos a vida toda, sem jamais imaginar que algo nelas está muito longe da correção. E seguimos "vendendo como compramos". 

Vivemos reproduzindo expressões sem sentido por conta de metamorfoses, corruptelas e todo tipo de deformações produzidas por desinformação e equívoco ou simplesmente pelo desgaste do uso. Revisar essas expressões e resgatar sua origem é tão instrutivo quanto engraçado. De fato, dá para rir um bocado de tanta bobagem sem sentido. 

Então, que tal testar seus conhecimentos, analisando as expressões abaixo? O que está errado em cada uma delas?

1) Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro.
2) Quem tem boca vai a Roma.
3) Quem não tem cão caça com gato.
4) Batatinha quando nasce esparrama pelo chão.
5) Enfiar o pé na jaca.
6) É a cara do pai escarrado e cuspido.
7) Cor de burro quando foge.

Para conferir as respostas, vá à página anexa do Blog (clique aqui). Conheça também a origem e o significado de outras expressões que utilizamos no dia-a-dia, como: "fazer nas coxas", "casa da mãe joana", "conto do vigário","onde Judas perdeu as botas", "pensando na morte da bezerra", "não entender patavinas", "santa do pau oco", "chato de galocha" e outras.

Nenhum comentário: