21 março 2007

BREVE COMO A EXISTÊNCIA


Beleza, técnica e arte. Tudo em apenas um momento. Uma fração de tempo para o artista fazer o que sabe e o que pode. Para mostrar o que é, numa obra breve como a existência humana, eloqüente como a inspiração, perene como um castelo de areia... (Imagem: Fiesa - Festival Internacional de Esculturas em Areia - Portugal - 2006). Clique sobre a imagem para vê-la ampliada.
.

Nenhum comentário: